Ampliação do sistema de abastecimento de Feira avança na 2ª etapa de adutora e nos reservatórios do Tomba

O Sistema Integrado de Abastecimento de Água (SIAA) de Feira de Santana, que atende aos municípios de Feira de Santana, Conceição da Feira, São Gonçalo dos Campos, Tanquinho, Santa Bárbara e Santanópolis, desde o ano passado, está recebendo investimentos voltados à sua ampliação da ordem de R$ 170 milhões. A ampliação do sistema produtor e adutor, obra de grande extensão e complexidade, está dividida em três etapas – a Etapa 1 já foi concluída, a Etapa 2 está em andamento e, brevemente, será iniciada a obra relativa à etapa 3. Outra frente de trabalho também em execução é a construção de um conjunto de reservatórios no Tomba. Desses investimentos, as obras que estão em curso geram 280 empregos diretos no município.   

“As intervenções irão ampliar a oferta de água e reforçar o sistema de distribuição de água tratada, reduzindo os quebramentos em redes antigas. A conclusão destas obras no SIAA de Feira de Santana contribuirá para melhorar o abastecimento, principalmente na cidade de Feira de Santana, que tem crescido em ritmo acelerado nos últimos anos, pois irá atender as novas zonas de expansão e a zona industrial, em especial”, ressalta Ítalo Canário, gerente de expansão da Embasa para a região.  

Primeira etapa concluída    

A obra de ampliação do Sistema Produtor e Adutor do SIAA de Feira de Santana – 1ª Etapa compreendeu a implantação de 2.300 metros de adutora de água tratada de grande diâmetro (1,4 metros) em aço carbono, além de tubulações, equipamentos especializados e demais estruturas necessárias para a interligação entre a nova adutora e as adutoras existentes do sistema. A população beneficiada é de quase 600 mil pessoas. O valor do investimento da 1ª Etapa foi de R$ 13,3 milhões com recursos do benefício redução 75% IRPJ (Sudene) e próprios da Embasa.     

Obras em andamento   

As obras da 2ª etapa da ampliação do Sistema Produtor e Adutor do SIAA de Feira de Santana estão em andamento desde dezembro de 2020, com previsão de conclusão em setembro de 2023. Esta etapa compreende a complementação da adutora de água tratada em uma extensão de cerca de 27 km e e dota o sistema de capacidade para atender ao crescimento de Feira e região metropolitana pelos próximos 30 anos. O valor total do investimento previsto para esta etapa é de mais de R$104 milhões, sendo que, desse montante, R$ 67,5 milhões já em 2021. 

Para complementar a ampliação do sistema produtor e adutor, está em fase de planejamento a 3ª etapa do projeto com previsão de licitação também no primeiro semestre de 2021. Esta etapa prevê a implantação de nova captação, adutora de água bruta, estação de tratamento de lodo na estação de tratamento de água (ETA) e de um “booster” (bomba) na área do Centro de Reservatórios do Tomba, bem como a ampliação da ETA, intervenções que irão duplicar a atual oferta de água tratada.  

Centro de Reservatórios do Tomba     

Em andamento, a obra de ampliação do Setor Tomba contempla a implantação de mais de 27 mil metros de rede distribuidora, construção de três reservatórios com capacidade de 8 mil metros cúbicos (m³) cada um e uma estação de bombeamento. Este empreendimento, no valor de aproximadamente R$ 40,9 milhões, beneficiará mais de 400 mil habitantes ao longo dos próximos anos. A ordem de serviço foi emitida em outubro de 2019, 50% da obra já foi executada e a previsão de conclusão é setembro de 2022. 

Assessoria de Comunicação da Embasa

Feira de Santana: (75) 3602 3799

1499957048766_assinatura-email-embasa-jul2013.png

As informações deste documento e todos os demais a este anexado são confidenciais e legalmente protegidos, somente podendo ser usados pelo indivíduo ou entidade a quem foi endereçado e exclusivamente para os fins institucionais para os quais se propõem. A utilização, divulgação, disponibilização, ou qualquer forma de compartilhamento destas informações ficam restritas às pessoas para as quais foram endereçadas e exclusivamente para os fins institucionais para os quais foram produzidos sendo ilícita qualquer veiculação ou utilização fora destes parâmetros e sujeitando o responsável a sanções disciplinares administrativas e penalmente previstas, tais como disciplinadas pelos art 482 da CLT e art 154 do Código Penal.

The information contained in this document and all its attachments are confidential and legally protected, only for use by the intended recipient and exclusively for the institutional purposes for which it was made. The use, disclosure, release, or any form of sharing of this information is restricted to the receivers for which it was addressed and exclusively for institutional purposes for which they were produced, becoming illegal all forms of broadcasting or use outside these parameters and subjecting its responsible to administrative and disciplinary sanctions and criminal penalties, such as regulated by Article 482 of the Brazilian Labor code and by Article 154 of the Brazilian Criminal Code.

[Mensagem cortada]  Exibir toda a mensagemÁrea de anexos

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *