Discutidas estratégias para homens buscarem serviços de saúde

Enfermeiros das unidades de atenção básica da saúde da rede municipal de Feira de Santana estão capacitados para despertarem nos homens o interesse por hábitos de prevenção na saúde. A questão foi discutida na manhã desta quarta-feira, 13, durante palestra no auditório da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), marcando antecipadamente o Dia do Homem, comemorado oficialmente na próxima sexta-feira, 15.

 

A enfermeira Gabriela Muniz, coordenadora da Referência à Saúde do Homem, ressalta a importância da iniciativa visando mudar a cultura de desinteresse dos homens em buscar as unidades de saúde para a prevenção. “Realizamos estudos para sabermos o motivo da dificuldade do homem ir buscar os serviços de saúde. Muitos têm idéia equivocada de que quem cuida preventivamente da saúde são só as mulheres. Outros afirmam que o horário de trabalho dificulta o acesso. Por isso estamos nos preparando para oferecermos serviços de atendimento aos homens também à noite”, informou.

 

A questão foi apresentada e discutida pelo enfermeiro Ânderson Reis, especializado em Saúde do Homem. Ele identificou problemas mais comuns enfrentados pelos homens e a partir daí foram criados eixos temáticos para discussão, com ênfases em saúde sexual e reprodutiva, promoção à saúde, questão de paternidade e acolhimento.

Enfermeiros das unidades de atenção básica da saúde da rede municipal de Feira de Santana estão capacitados para despertarem nos homens o interesse por hábitos de prevenção na saúde. A questão foi discutida na manhã desta quarta-feira, 13, durante palestra no auditório da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), marcando antecipadamente o Dia do Homem, comemorado oficialmente na próxima sexta-feira, 15.

 

A enfermeira Gabriela Muniz, coordenadora da Referência à Saúde do Homem, ressalta a importância da iniciativa visando mudar a cultura de desinteresse dos homens em buscar as unidades de saúde para a prevenção. “Realizamos estudos para sabermos o motivo da dificuldade do homem ir buscar os serviços de saúde. Muitos têm idéia equivocada de que quem cuida preventivamente da saúde são só as mulheres. Outros afirmam que o horário de trabalho dificulta o acesso. Por isso estamos nos preparando para oferecermos serviços de atendimento aos homens também à noite”, informou.

 

A questão foi apresentada e discutida pelo enfermeiro Ânderson Reis, especializado em Saúde do Homem. Ele identificou problemas mais comuns enfrentados pelos homens e a partir daí foram criados eixos temáticos para discussão, com ênfases em saúde sexual e reprodutiva, promoção à saúde, questão de paternidade e acolhimento.

Fonta: Prefeitura Municipal de Feira de Santana.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *