HGRS realiza dez transplantes renais durante a pandemia

O Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) realizou, nesta sexta-feira (26), um transplante renal em um paciente do sexo masculino, de 28 anos. Este é o segundo procedimento deste tipo feito em 2021.  

Responsável pela cirurgia, o urologista Joabe Carneiro lembra que transplantes são procedimentos que não podem deixar de acontecer mesmo em meio à emergência sanitária pela qual passa a Bahia. “Existem coisas que não podem parar. Devolver um paciente renal crônico dialítico à vida normal é um benefício muito grande para a sociedade”, afirma. 

Habilitado para realizar o procedimento em 2018, o HGRS conta com equipe especializada para conduzir os serviços de apoio terapêutico pré, intra e pós-transplante, formada por nefrologistas, cirurgiões urológicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, psicólogos, assistentes sociais, farmacêuticos e técnicos de farmácia. Além do transplante renal, o hospital é credenciado para realizar transplante hepático. 

“Hoje, na Bahia, há cerca de mil pessoas aguardando por um transplante renal. Os motivos variam de falta de diagnóstico a desconhecimento da gravidade da doença”, explica o diretor-geral do Hospital Roberto Santos, José Admirço Lima Filho, que acrescenta: “felizmente, na pandemia, conseguimos realizar dez transplantes. Ainda é pouco, mas é uma nova esperança em um momento tão ruim”.  Louise Cibelle
Assessora de Comunicação 
Hospital Geral Roberto Santos (HGRS)
(71) 3103-8858 …

[Mensagem cortada]  Exibir toda a mensagem

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *