Museu Udo Knoff oferece oficina gratuita de Xilogravura

Uma oportunidade pra quem quer aprender um pouco mais sobre técnicas artísticas – o Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica, localizado no Pelourinho/Centro Histórico de Salvador, oferece desta quarta a sexta-feira (22 a 24), às 14h, Oficina de Xilogravura, gratuita e voltada para todos os públicos. As inscrições podem ser realizadas pelo telefone (71) 3117-6389. A iniciativa é uma parceria com o Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM). Os dois espaços integram a Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Dimus/Ipac), da Secretaria de Cultura do Estado (Secult).

A xilogravura popular é uma permanência do traço medieval da cultura portuguesa transplantada para o Brasil e que se desenvolveu na literatura de cordel, tornando-se popular na região Nordeste do Brasil, onde estão os mais conhecidos xilogravadores (ou xilógrafos) brasileiros. Na aula, os alunos vão conhecer os materiais necessários para a criação da arte da xilogravura por meio da pratica e experimentação. O principal objetivo é difundir a xilogravura e a cultura nordestina, além de despertar o interesse por esta arte.

O Udo Knoff dispõe de dois ambientes ocupados por materiais referentes à arte da cerâmica e do azulejo. No andar térreo, a exposição ‘Azulejaria na Bahia’ reúne materiais referentes á arte da cerâmica e do azulejo, além de proporcionar uma visão cronológica da existência do azulejo disposta do século 15 a XX, incluindo sua chegada ao Brasil, no século 17.

No primeiro andar fica a mostra ‘Arte e Azulejaria’, que exibe fotografias de prédios revestidos com azulejos confeccionados pela oficina de Udo Knoff, resultado de projetos de artistas renomados do estado da Bahia. Também será possível conferir um documentário sobre o colecionador e ceramista.

Completam a exposição, objetos confeccionados nas oficinas desenvolvidas pelos museólogos da casa, que realizam atividades educacionais com o objetivo de se manter o desejo de Udo Knoff. A visita, gratuita, do público pode ser feita de terça a sexta-feira, das 12 às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 12 às 17h.

Fonte: Ascom/Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Dimus/Ipac)

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *