Preservação ambiental é tema de circuito de oficinas nas escolas

A educação socioambiental é tema cada vez mais recorrente e urgente na nossa sociedade. Atividades que promovem o engajamento dos profissionais da Educação e também dos estudantes ganham cada vez mais importância. Nesta segunda-feira, 3, a Secretaria Municipal de Educação, em parceria com o Instituto Estre, iniciou o circuito de oficinas e palestras sobre educação socioambiental. As atividades enfocam o mote: “Cadê o lixo que estava aqui?”.
O objetivo do circuito é promover a conscientização ambiental de professores e alunos que podem se tornar multiplicadores. O gestor ambiental Ricardo Moura ministrou a oficina que contou com a participação dos alunos da Escola Municipal Célida Soares Rocha, no bairro Rua Nova.
“Tivemos uma primeira etapa em agosto quando fizemos uma formação com cerca de 30 professores sobre manuseio de resíduos, consumo, reaproveitamento, reciclagem, e aterro sanitário. Agora iniciamos a segunda etapa com o circuito de oficinas para os alunos”, explica Ricardo.
Nas próximas semanas, o circuito visita todas as oito escolas que tiveram professores participando na primeira etapa, reunindo um total de 500 pessoas envolvidas entre professores e alunos.
Aniaci dos Santos Silva, professora do 1° e 2° ano, participou da primeira etapa de formação e aplicou o material ao que já era realizado pela escola. “Aqui já abordamos o tema da conscientização socioambiental, fazendo a coleta e reaproveitamento dos resíduos produzidos pela alimentação, mas com as sugestões dadas na formação pudemos melhorar ainda mais esse trabalho”, avalia Aniaci.
A escola, que já tem uma trajetória de conscientização socioambiental, realizou várias atividades de reaproveitamento de material reciclável, intervenções nas praças da comunidade e dentro da própria instituição. “As crianças puderam usar a imaginação, transformando o que era pra ser jogado fora em brinquedos e instrumentos, melhorando o ambiente da escola e da comunidade”, comenta Ana Claudia Bastos Silva, diretora da Escola Célida Rocha.
Ana Beatriz Conceição Oliveira, aluna do 5° ano, diz que é importante aprender a reciclar o lixo e preservar o meio ambiente. “As pessoas jogam muito lixo na rua, coisas que a gente pode reaproveitar. Aqui na escola aprendemos que o lixo pode virar instrumentos, brinquedos e várias coisas que ainda podem ser utilizadas. Aprendemos que podemos ajudar e nos divertir”, diz Ana, empolgada com a nova concepção. As atividades do circuito seguem até esta quinta-feira, 5, em outras escolas.
Fonte: PMFS
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *